Todos os Dias são Bons

2021/11/26

Oyassama ensinou:

“Não há um dia que seja ruim. Todos os dias são bons.”

O passado já passou e o futuro está por vir. O passado e o futuro existem apenas em nossa mente. O que realmente existe é o presente. Foi assim que Santo Agostinho de Hipona refletiu sobre o tempo.

O passado é a memória do que aconteceu, o futuro é expectativa do que pode acontecer. Nem o passado nem o futuro são de fato reais.

Em filmes, é possível viajar ao passado ou ao futuro usando uma máquina do tempo. Mas na vida real, não é possível sair do presente. Além disso, o tempo não para. Como a paisagem da janela do trem, o presente continua mudando sem parar à medida que o tempo passa.

Há pessoas que são incapazes de esquecer o passado ou que ficam preocupadas e deprimidas com o que pode ou não acontecer. Se ficar com receio do futuro ou feliz com as lembranças do passado, não enxergará o que acontece à sua frente.

É um desperdício, já que podemos encontrar no presente tantas maravilhas e alegrias.

Podemos sentir curiosidade em saber qual é a nossa sorte do dia, assistindo programas de TV sobre horóscopos pela manhã. Porém, geralmente, à noite, esquecemos o que nossos horóscopos disseram naquele dia.

Oyassama ensinou que todos os dias são bons. Em vez de se preocupar se é um dia de sorte ou não, por que não manter o nosso coração renovado e viver plenamente este momento - aqui e agora. Essa é a chave que nos garante que hoje seja um “dia de sorte”.

PDF Download