As Dez Providências

Deus-Parens explicou sistematicamente através da razão de dez providências sobre sua ilimitada proteção, e assim nos ensinou, distribuindo nomes divinos a cada uma para que fosse fácil de entender e aprender. São também chamadas de “nomes divinos dos dez pilares”, mas isso não significa de forma alguma que existam dez deuses ou divindades.

Estes nomes divinos, na criação original, foram concedidos à razão do trabalho dos instrumentos que se uniram ao espírito de Deus-Parens e trabalharam em união espiritual no momento de criar o mundo humano.

Por isso, há a correspondência dos dez membros do Pessoal do Serviço do ‘Serviço de Kagura’ ao circundarem respectivamente a Jiba.

No Serviço de Kagura, a razão das providências que correspondem ao pessoal, tendo cada membro posicionado um de frente para o outro, está na relação de suporte mútuo.

As descrições de que “no corpo humano representa…” , e de que “no mundo representa…”, são expressões de leis que transpassam de fato este corpo e o mundo.

Kunitokotati-no-mikoto – Representa a providência divina dos olhos e umidade no corpo humano e da água no mundo.

Omotari-no-mikoto – Representa a providência divina da temperatura no corpo humano e do fogo no mundo.

Kunissazuti-no-mikoto – Representa a providência divina do órgão genital feminino e da conexão da pele no corpo humano e da conexão em geral no mundo.

Tsukiyomi-no-mikoto – Representa a providência divina do órgão genital masculino e do esqueleto suportador no corpo humano, e do suporte em geral no mundo.

Kumoyomi-no-mikoto – Representa a providência divina da entrada e saída dos alimentos no corpo humano, e da subida e descida da umidade no mundo.

Kashikone-no-mikoto – Representa a providência divina da respiração no corpo humano, e do vento no mundo.

Taishokuten-no-mikoto – Representa a assistência divina de cortar a conexão do bebê com o útero da mãe no nascimento e de cortar a respiração no retornamento. No mundo, a providência do corte em geral.

Otonobe-no-mikoto – Representa a assistência divina de extrair a criança do útero da mãe no nascimento. No mundo, a providência da extração em geral.

Izanagui-no-mikoto – O protótipo de homem, a função de semente.

Izanami-no-mikoto – O protótipo de mulher, a função de viveiro.

Texto extraído de: “Yoboku Hand Book” (Editora Doyusha)