Razão da Origem

Na Tenrikyo, dentro da explanação chamada “Razão da Origem”, é esclarecido o porquê, quem, onde e como os seres humanos foram criados.

Oyassama, para mostrar a “Razão da Origem”, esclareceu a narrativa da criação dos seres humanos, chamada de “Explanação da criação original”.

Mostrando esta origem, esta essência, ensinou o caminho da salvação, e é nisso em que se encontra a característica da Tenrikyo.

Ainda, esta “Razão da Origem”, da mesma maneira que é chamada de “Explanação da razão do Serviço”, possui o foco maior no esclarecimento da razão do “Serviço de Kagura”.

Ou seja, é uma explanação que ensina o porquê da salvação conforme o Serviço, e por que o Serviço é assim executado.

Embora seja utilizada como sinônimo das explanações da criação original, não se trata meramente de uma fábula da criação dos seres humanos. É a explanação que mostrou o princípio básico inalterável mesmo nos dias de hoje da conclusão do mundo humano, sendo tão importante a ponto de podermos dizer que constitui a raiz e o tronco dos ensinamentos. Seu resumo é o seguinte:

A – Deus-Parens teve a ideia de criar os seres humanos e compartilhar da sua alegria, vendo-os viverem felizes, plenos de júbilo;

B – Primeiro atraiu um sirênio e uma cobra branca para fazer deles o modelo de casal, e obteve seus consentimentos prometendo que seriam reverenciados pela posteridade como Deus quando se passassem tantos anos quanto o número de filhos dados à luz na sua primeira geração;

C – Ainda, atraiu seis tipos de instrumentos e, recebendo seus consentimentos, comeu-os discernindo suas qualidades, e utilizou-os nas funções condizentes com cada um;

D – Comendo todos os cadozes de dentro do mar de lama, fez destes as sementes dos seres humanos e, introduzindo-se no modelo de casal, concebeu na Jiba original 900 milhões, 999 mil, 999 filhos;

E – No começo, nasciam com meia polegada de altura, e a cada 99 anos, retornaram por três vezes. Acumulando-se seus renascimentos, desenvolveram-se até alcançarem a altura de 4 polegadas, quando então retornaram-se todos;

F – Depois disso, os seres humanos renasceram 8008 vezes passando por todos os graus de existência: insetos, pássaros, mamíferos, etc., sobrando no final uma macaca. Em seu ventre eram concebidos 5 homens e 5 mulheres, que nasciam com meia polegada de altura. Conforme a evolução gradual, os mares e os montes, o céu e a terra, etc., também começaram a tomar forma. Quando tornaram-se seres humanos de 5 pés, o mundo ficou concluído, e os seres humanos passaram a viver em terra firme;

G – Foi revelado que os primeiros 900 milhões e 90 mil anos foram o período de vida aquática; os 6 mil anos seguintes, o de instrução de inteligência; e os 3999 anos subseqüentes, o de instrução de letras. Então, ao passarem os anos do número de filhos concebidos na primeira geração, conforme prometido, Deus-Parens revelou-se, sendo este o dia original da Revelação Divina.

Texto extraído de: “Yoboku Hand Book” (Editora Doyusha)